Home

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Última atualização (Sáb, 09 de Novembro de 2013 07:15) Escrito por Administrator Ter, 29 de Dezembro de 2009 22:54

 

O presente grupo teve início em torno de discussões sobre cultura brasileira, indústria cultural, consumo e identidades, mundialização da cultura, novas relações entre o global e o local, revalorização da cultura popular tradicional, informatização da cultura e uma série de outros processos que constantemente modificam o cenário desta esfera da vida social contemporânea. Estes trabalhos desenvolvidos pela atual líder desde meados dos anos 80 foram compartilhados com colegas do Departamento de Antropologia da PUC/SP e pesquisadores de outras universidades por meio de participação em congressos, seminários, cursos, palestras etc e a partir de 1999 com seus orientandos no Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais. Em 2003 juntamente com a Profa. Dra. Maria da Graça Setton do Programa de Pós Graduação em Educação da USP criou-se um grupo de estudos dedicado à leitura da obra de Pierre Bourdieu e de outros autores fundamentais para a compreensão da cultura na atualidade. Desde então, intensificaram-se as trocas acadêmicas, sobretudo através de seminários de pesquisa, proposição e apresentação de trabalhos em congressos, nos quais os membros do grupo se revezam, notadamente o da ANPOCS- Associação Nacional dos Pós-Graduações em Ciências Sociais, onde a líder coordena o Grupo de Trabalho atualmente denominado Cultura, Economia e Política, ao lado do Prof. Dr. Edson Farias do Programa de Sociologia da Universidade Brasília desde 2006; e na SBS - Sociedade Brasileira de Sociologia, onde coordena, ao lado do mesmo colega e do Prof. Dr. Rogério Proença Leite, da UFS, o GT Sociologia da Cultura desde 2005. O grupo tem participado também desde 2004 das reuniões da ABA – Associação Brasileira de Antropologia apresentando suas pesquisas em diferentes grupos de trabalho. Ao longo de todo esse processo, foram publicados livros, capítulos de livros, artigos em periódicos e concedidas inúmeras entrevistas para jornais e revistas de grande circulação. Em 2007/2008, o grupo realizou e concluiu sua primeira pesquisa conjunta: Sociabilidade juvenil e práticas culturais tradicionais na cidade de São Paulo, a qual foi premiada pelo CEPE como melhor trabalho na área de Antropologia do ano e obteve grande repercussão dentro e fora do meio acadêmico, inclusive em outros estados e em Portugal. Em 2009 o grupo integrou-se ao Núcleo de Cultura e Desenvolvimento da Universidade Brasília e realizou o I Seminário do Grupo de Estudos Práticas Culturais Contemporâneas.